Jaguatiricas ganham recinto especial no zoo

Fiel ao habitat natural

O Gramadozoo preparou um recinto especial para duas fêmeas de jaguatirica. Com bastante vegetação, queda d’água e tocas artificiais, o espaço que reproduz com fidelidade o habitat da espécie foi aberto para visitação pública nesta sexta-feira, 14. Além de área externa, o recinto conta com espaço coberto aquecido. “O recinto foi criado especialmente para simular o habitat da espécie. Sem jaulas, o Gramadozoo inova ao trazer um novo conceito para o segmento de zoológicos. Tentamos aproximar as características do espaço com o que elas encontrariam em vida livre”, diz o veterinário Renan Alves Stadler, responsável técnico do Gramadozoo.


Depois de ficarem em observação no hospital veterinário do zoo, as jaguatiricas foram levadas para o recinto após passarem por check up completo. As fêmeas foram anestesiadas e fizeram exames de rotina. Além de serem microchipados, os animais passaram por exame de sangue, avaliação e limpeza odontológica e foram vermífugados.

Conforme o veterinário, a jaguatirica é uma das espécies de felídeos brasileiros que está ameaçada de extinção. Os animais que vivem no zoo foram resgatados no Mato Grosso e no interior do Rio Grande do Sul. “O estado geral de saúde é excelente. Agora, elas estão em fase de adaptação e fazendo o reconhecimento do território”, explica Stadler, que é membro do Conselho de Animais Selvagens do CRVM/RS.

O Gramadozoo fica no Km 35 da ERS 115, bem perto do pórtico da saída para Três Coroas, e funciona diariamente das 9h às 17h.
Fotos/Divulgação - Gramadozoo/Halder Ramos

.

.