Prefeito prorroga moratória da Hotelaria

A decisão foi tomada nesta segunda-feira (23)

O prefeito Nestor Tissot (PP) decidiu prorrogar o prazo do decreto que suspendia até 20 de outubro o protocolo de novos projetos de estabelecimentos hoteleiros com mais de 30 unidades habitacionais em Gramado. Após reunir-se com representantes do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Condema) e do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI), Tissot decidiu prorrogar o decreto até 30 de dezembro. 

Segundo o prefeito, o objetivo da prorrogação é não receber novos projetos de construção de hotéis ou pousadas com mais de 30 unidades habitacionais até o final do ano, com a ressalva de que sejam realizadas as audiências públicas na Câmara, estudos e a aprovação dos vereadores ao novo Plano Diretor do Município. 

Pedido da Classe Hoteleira atendido

A prorrogação da moratória da hotelaria atende ao pedido realizado pelos empresários da hotelaria, que reivindicavam que o prazo fosse ampliado por mais seis meses. O desejo dos hoteleiros é a realização de um levantamento de dados que possa auxiliar no planejamento do futuro dos setores turísticos e da hotelaria de Gramado. Um nova reunião, programada para esta quarta-feira (25), com a presença de representantes do Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares (SHBRS), Condema, e outras entidades debaterão quais medidas estão sendo adotadas pela Prefeitura durante o período em que não ocorre a liberação de licenças para os empreendimentos da hotelaria.

.

.