Festival de Cinema de Gramado: Tatuagem leva o Kikito de melhor longa-metragem brasileiro

Filme pernambucano de Hilton Lacerda venceu principal prêmio na noite de sábado


Um misto de aplausos e sorrisos marcou a noite de ontem no Palácio dos Festivais, em Gramado, durante a entrega do Kikito ao pernambucano Tatuagem, que levou a premiação de melhor longa-metragem brasileiro e outros três: Júri de Crítica, Melhor Ator, Melhor Trilha Sonora. A cidade de Recife em plena ditadura militar brasileira é o cenário deste filme que destaca o romance entre Clécio (Irandhir Santos), de 32 anos, o líder de uma trupe que ensaiava resistência ao poder apoderando-se de deboche e pela anarquia, e o soldado Arlindo (Jesuíta Barbosa), de 18 anos, também conhecido como Fininha. A trama desenrola-se a partir do amor que surge deste encontro e o conflito entre os dois diferentes mundos.

A cerimônia de premiação do 41º Festival de Cinema de Gramado ainda destacou os melhores longas estrangeiro e curtas do País, em categorias que somaram 41 troféus entregues. Com foco na internacionalização, a vinda de 13 delegações de festivais foi valorizada. Melhorias para edição de 2014 também foram tema da conversa. “Estamos satisfeitos principalmente com a qualidade dos filmes exibidos e a presença de representantes de outros festivais. Queremos intensificar a participação da comunidade o que hoje já ocorre através do projeto Cinema nos Bairros e o Educavídeo, além dos preços populares de 20 reais para as sessões”, analisou a secretária de Turismo de Gramado Rosa Helena Volk. 

Um dos projetos para o ano que vem é dar continuidade na internacionalização. Para isso, na próxima edição todos os filmes deverão ter legenda em espanhol e inglês. Outro anúncio feito é que, a partir de setembro, a Prefeitura de Gramado irá realizar oficinas de cinema junto à comunidade.

Confira as principais premiações

Longa-metragem brasileiro
Melhor filme
Tatuagem, de Hilton Lacerda 
Melhor diretor
Adradina Azevedo e Dida Andrade, por A Bruta Flor do Querer 
Melhor ator
Irandhir Santos, por Tatuagem 
Melhor atriz
Leandra Leal, por Éden
Melhor roteiro
Domingos Oliveira, por Primeiro Dia de Um Ano Qualquer

Longa-metragem estrangeiro
Melhor filme
Repare Bem, de Maria de Medeiros
Melhor diretor
Roberto Prieto, por Cazando Luciérnagas
Melhor ator
Cesar Troncoso, por A Oeste do Fim do Mundo
Melhor roteiro
Carlos Esguerra, por Cazando Luciérnagas 

Curtas-metragens
Melhor filme
Acalanto, de Arturo Saboia
Melhor diretor
Arturo Saboia, por Acalanto 
Melhor ator
Kauê Telloli, por A Navalha do Avô 
Melhor atriz
Léa Garcia, por Acalanto 
Melhor roteiro
Francine Barbosa e Pedro Jorge, por A Navalha do Avô

Crédito: Jornal de Gramado / Foto: Edison Vara/PressPhoto

.

.