Câmara aprova Compensação de Horário

Lei entra em vigor após a sanção do Prefeito Nestor Tissot

Na sessão ordinária de ontem (03), os vereadores aprovaram o projeto do Executivo que institui o Sistema de Compensação de Horário. A votação foi unânime. 

O objetivo do projeto é criar o banco e o sistema de compensação das horas, que através do Banco de Horas, passa a tornar-se lícita, ou seja, um servidor pode vir a prestar serviço em determinado dia além de seu horário normal, vindo, então, a compensar o acréscimo trabalhado, através da redução das horas trabalhadas em outro. 

A implementação do Banco de horas é benéfica não somente à Prefeitura, por adequar a atividade de trabalho com a necessidade da demanda, mas também ao servidor, já que autoriza o servidor á compensar as horas correspondentes.

Crédito: Lucinéia Menezes - Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Gramado

.

.