Brita ganha na Justiça direito de explorar o Polo de Gramado até o dia 30 de dezembro

Concessionária é a sexta a garantir o serviço na Justiça

A Brita Rodovias conseguiu reverter a decisão judicial de primeira instância que determinava a concessionária que deixasse de explorar o Polo de Pedágio de Gramado a partir do dia 25 de maio e, após o julgado desta quinta-feira (04), possui o direito de explorar as três praças de pedágio da região – Gramado, Canela e Três Coroas - até 30 de dezembro. 

O Palácio Piratini pretendia retomar o controle das praças e repassar a responsabilidade para a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) no dia 25 de maio. Porém, a Justiça aceitou a tese da concessionária de que os 15 anos de contrato expiram somente no final de 2013 e não em maio como defende o Estado.

Dois dias atrás, a Metrovias conseguiu na Justiça a liminar que garantiu o direito de administrar o polo de pedágios metropolitano até o fim do ano. Ela havia sido a quinta concessionária gaúcha a obter decisão judicial favorável para manter a administração de pedágios.

.

.