Secretaria de Educação contratará educadores infantis em caráter emergencial

Município pretende zerar o déficit de vagas nas creches municipais

A Secretaria de Educação de Gramado informa que, diante das inúmeras necessidades e da crescente demanda na busca de vagas nas escolas de Educação Infantil, a Prefeitura Municipal de Gramado não tem medido esforços para qualificar o atendimento nesse nível de ensino.

Creche da Várzea Grande foi inaugurada em 2012
Assim sendo, após realizar um estudo minucioso da logística e da reorganização do quadro de profissionais, foram criadas mais 43 vagas para Educadoras Infantis.

Essas vagas serão preenchidas, inicialmente, pelos 17 professores da lista de aprovados no concurso, realizado em 2012, que já estão sendo nomeados. As demais vagas serão ocupadas através de contratação emergencial, cujo projeto foi encaminhado para aprovação no Legislativo Municipal e, em seguida, será publicado o edital de chamamento desses profissionais.

Para que os interessados em participar dessa seleção estejam a par dos documentos necessários para inscrição, tão logo o edital seja publicado, a Prefeitura de Gramado informa que os candidatos deverão apresentar cópia dos seguintes documentos: RG, CPF, Título Eleitoral com comprovante da última eleição, Diploma com formação em Pedagogia, comprovante de residência, Certidão de Nascimento e/ou de Casamento, Certidão de Nascimento dos filhos menores de 14 anos.

Determinação Judicial

O Ministério Público move uma Ação Civil Pública contra o Prefeito Nestor Tissot em face da falta de 300 vagas para as crianças de 0 a 6 anos nas creches municipais. A medida anunciada nesta semana visa diminuir este déficit. Uma nova creche municipal no bairro Piratini está nos planos da Administração para zerar este passivo.  

.

.