Tarifa do Pedágio de Gramado poderia chegar a R$ 11,30

Brita e Governo Gaúcho discutem judicialmente o equilíbrio econômico-financeiro do contrato

Concessão do Pedágio de Gramado termina em maio/2013
Depois da Audiência Pública, realizada na última segunda-feira (4), em Igrejinha/RS, a Brita Rodovias, a AGERGS e o Governo do Estado discutem qual será a fórmula aplicada para que a primeira seja ressarcida no investimento de 2,6 milhões de reais aplicados nas obras de contenção das barreiras da RS-115 que, em agosto de 2011 interromperam a via por mais de 120 dias, conforme um acordo estabelecido na época com o objetivo de reestabelecer o equilíbrio econômico-financeiro do contrato de concessão.

Segundo o jornalista André Machado, da Rádio Gaúcha, a tarifa do pedágio de Gramado poderia chegar a R$ 11,30, segundo dados apresentados pela concessionária em virtude do término do contrato celebrado em 1998 e que se encerra no dia 25 de maio de 2013, conforme já anunciado pelo Governo Gaúcho. Na audiência, restou definido que a taxa poderia ser majorada dos atuais R$ 7,90 para R$ 9,50.

Entretanto, se esta tarifa de R$ 11,30 restasse aprovada pela AGERGS, a comunidade restaria penalizada, o que a  concessionária não deseja. A solução apresentada, segundo o jornalista, é o aumento do prazo de concessão para mais 5 meses além de maio próximo, o que expiraria em dezembro de 2013. O Governo do Estado e a Brita Rodovias discutem a matéria na justiça.

.

.