"Não serão remuneradas", diz presidente da Câmara de Vereadores

Pelo regimento interno, as sessões extraordinárias seriam remuneradas

As sessões extraordinárias realizadas ontem, no Plenário Júlio Floriano Petersen, não serão remuneradas pelos cofres públicos, segundo o presidente do Legislativo, o vereador Ilton Gomes (PP). 

Gomes afirmou que o Regimento Interno permite o pagamento das mesmas, porém, a Constituição Federal e a Estadual vedam esta prática. Desta forma, os parlamentares que participaram da sessão na última segunda-feira (18) não receberão nenhuma remuneração.

.

.