Cadastramento para o transporte universitário gratuito encerra no dia 08

Cerca de 700 estudantes universitários utilizam o serviço

Está chegando ao fim o prazo para cadastramento e recadastramento do transporte universitário gratuito concedido pela Prefeitura de Gramado. Os universitários das instituições Ulbra, Unisinos, Feevale, Faccat e Escola Técnica Monteiro Lobato – CIMOL, tem até o próximo dia 08 de fevereiro para realizar seu cadastro ou recadastro.
O cadastro para utilização do transporte universitário gratuito acontece junto à Secretaria de Educação de Gramado de 08 de janeiro e 08 de fevereiro, e para realizá-lo o estudante deve comparecer pessoalmente ao local na parte da manhã das 8h30 às 11h e na parte da tarde das 13h30 às 17h, munidos dos seguintes documentos:

Uma Foto 3x4 ;

Cópia do documento de identidade;

Cópia do título de eleitor;

Cópia do CPF - cartão de pessoa física;
Cópia do comprovante de residência e domicílio no Município de Gramado em nome do estudante ou de seus pais (somente serão aceitos contas atualizadas de luz, água ou telefone residencial);

Matrícula no curso superior com descrição das disciplinas e dias da semana que irá utilizar o transporte.

Para alunos que farão o recadastramento (que já possuem carteirinha), segue relação de documentos necessários

comprovante de residência (contas atualizadas de água, luz ou telefone fixo (cópia)

comprovante de matrícula (1º semestre 2013)

carteirinha do semestre passado (com foto);

O edital de abertura do cadastramento para o transporte universitário gratuito já pode ser encontrado no site da Prefeitura Municipal de Gramado: www.gramado.rs.gov.br.

Os benefícios do transporte

Atualmente cerca de 700 universitários utilizam o transporte gratuito instituído pela Prefeitura de Gramado há três anos. Com o apoio do Poder Público os estudantes tem condições de cursar mais cadeiras durante um semestre, visto que economizam o valor que seria gasto com o transporte até suas universidades, que localizam-se em Canoas, Novo Hamburgo, São Leopoldo e Taquara.

.

.