Polícia Civil indicia dez por exploração sexual de adolescentes em Gramado


Com idade entre 14 e 17 anos, as meninas eram aliciadas para participarem de festas e orgias
 
Nesta quarta-feira (16), a Polícia Civil concluiu o inquérito policial que investiga a exploração sexual de nove adolescentes, aliciadas em Canela, mas que eram violentadas em Gramado. No relatório final, o delegado Gustavo Barcellos indiciou dez pessoas pelo crime, com a prisão preventiva de outros cinco suspeitos. No mês passado, o suposto líder do esquema sexual foi preso em Canela.
 
Para Barcellos, os cinco suspeitos com pedido de prisão preventiva deverão responder por estupro de vulnerável, uma vez que os crimes foram praticados contra menores de 14 anos. A investigação durou oito meses.

Com base em escutas telefônicas, a polícia descobriu que meninas com idade entre 14 e 17 anos eram aliciadas em Canela e levadas por motoristas contratados pelo mentor do esquema para participar de festas e orgias em Gramado. Em troca de sexo, elas consumiam álcool e existem indícios de que poderiam ingerir drogas.

.

.