Polícia Civil prende suspeito de ligaçõs com o PCC

Clóvis Riveiro morava há 4 anos em Gramado e era pastor
Os agentes da Polícia Civil de Gramado, chefiados pelo Del. Gustavo Celiberto Barcellos, prenderam Clóvis Ribeiro, de 41 anos, na manhã desta sexta-feira (21) em seu apartamento, na Avenida Borges de Medeiros, em cumprimento ao mandado de prisão expedido pelo Juízo Criminal de Praia Grande, no estado de São Paulo, em face da prática dos crimes de tráfico, associação ao tráfico, tráfico internacional de armas e lavagem de dinheiro.
Lavagem de dinheiro
Segundo o delegado titular da DP Gramadense, Clóvis, que se apresentava como pastor evangélico na região, estaria cometendo o crime de lavagem de dinheiro ao adquirir imóveis, salas comerciais e veículos em Gramado e Canela.
 
A Polícia Civil de Gramado apenas cumpriu o mandado de prisão. O preso será transferido para um presídio, que por motivos de segurança não é divulgado, e iniciará a investigação da policial em Gramado a fim de averiguar se Clóvis Ribeiro estaria praticando os crimes imputados a ele na região, concluiu Barcellos.
 
Clóvis morava há 4 anos na cidade e região, juntamente com a sua mulher e as filhas de 14 e 18 anos.
 


.

.