PMDB propõe novo acordo na eleição da Mesa Diretiva da Câmara de Vereadores na próxima legislatura

A bancada do PMDB (leia-se Evandro Moschen e João Teixeira) reuniu-se com os vereadores eleitos Manu Caliari (PRB) e Celso Fioreze (PSDB) e propôs a pluripartidarização da Presidência da Casa do Povo. Pela proposta apresentada, cada partido que possui assento no Plenário Júlio Floriano Petersen teria a oportunidade de presidir o Legislativo pelo período de 1 (um) ano. O PMDB não preside a Casa há mais de 12 anos. O último presidente foi Serginho Tomazelli.
 
A MUDANÇA
Com o aceite dos vereadores do PRB e PSDB, os peemedebistas partiram para um encontro com o vereador Ilton Gomes (PP), pré-candidato à Presidência, ontem à tarde, e expuseram a proposta. Assim, o mesmo argumento apresentado pelo parlamentar situacionista agora é usado pela oposição para atrair Manu e Celso. Se for aceita a proposta, com o aval do prefeito, Nestor terá agido como um grande democrata e respeitará a minoria. Acordos semelhantes são realizados na Assembleia e na Câmara dos Deputados envolvendo os partidos com a maior representatividade na casa.
COMPOSIÇÃO DA CÂMARA PODERÁ MUDAR TAMBÉM
Se não houver uma costura política muito forte, a composição do Legislativo poderá mudar. Há progressista desgostoso com as atitudes de alguns companheiros. É esperar pra ver.

.

.