Registrado primeiro caso de H1N1 em Gramado


A Secretaria de Saúde de Gramado confirmou o primeiro caso de H1N1. O caso foi registrado em uma pessoa idosa de 79 anos, que não havia sido vacinada. Conforme informações da enfermeira da Vigilância em Saúde, Flávia Oliveira, a pessoa já foi medicada e já está se recuperando em sua residência. “Tomamos todas as medidas necessárias para garantir o bem-estar da paciente, a qual já passa bem”, frisa.

A Secretária Ângela Soares ressalta que todos os médicos de Gramado estão cientes que devem notificar a Secretaria sobre casos de gripe. Após a suspeita da doença, são realizados exames para casos com indicação de internação hospitalar, os quais são encaminhados para o laboratório do Estado. O resultado é fornecido em aproximadamente 72 horas. Após a coleta, se for identificada síndrome de gripe, o médico indica o Tamiflu, que serve para todos os tipos de gripe, não só para a H1N1. O Tamiflu só pode ser indicado sob prescrição médica. O grupo de risco é composto por: gestantes, crianças de 6 meses a menores de 2 anos, idosos acima de 60 anos e doentes crônico mediante receita médica.

A prevenção da H1N1:
Algumas são as medidas que a comunidade pode tomar para prevenir, não somente a H1N1, mas todo tipo de gripe ou doença: lavar as mãos frequentemente, deixar frestas abertas nos ambientes para facilitar a circulação de ar, usar lenço quando espirrar ou tossir, higienizar bancadas ou balcões de lojas com álcool gel (que pode ser substituído pela mistura de três colheres de água sanitária em um litro de água). Todos podem acompanhar protocolos e obter informações sobre prevenção da H1N1 no site www.saude.rs.gov.br.

.

.