Manchetes

Festa Gaúcha estreia neste sábado, 17


A nova atração permanente de Gramado estreia neste sábado, 17, no Parque Gaúcho. Com apresentação do Grupo Cadica Cia de Dança, a Festa Gaúcha é uma noite de sons, sabores e ritmos do pampa.

O Parque Gaúcho, principal empreendimento da cultura gaúcha do Conesul, oferece um espetáculo único. Um show que percorrerá a diversidade de danças tradicionais do folclore do grande pampa. O espetáculo traz interpretações do Hino Rio-Grandense, Negrinho do Pastoreio e outros clássicos do cancioneiro gaúcho. Além das tradicionais danças da chula e dos facões, os artistas fazem uma incrível performance com boleadeiras e bombos legueros.

Na Festa Gaúcha, que ocorrerá todos os sábados até dezembro, o Restaurante Cultural do Parque Gaúcho resgata a culinária típica do pampa. O parque abre as portas a partir das 19h30. Os visitantes poderão conhecer o período de formação do gaúcho originário no Memorial Gaúcho. Com uma hora de duração, o show do Grupo Cadica Cia de Dança tem início a partir das 20h30. Os ingressos serão vendidos na recepção do Parque Gaúcho. 

Mais informações pelos telefones: (54)3421.0800 e (54) 9154 8861.

Crédito/Foto: Halder Ramos
Leia mais »

Espetáculo “Origens” tem mais duas apresentações na Festa da Colônia


Carla Reis
Uma das atrações da Festa da Colônia de Gramado, o espetáculo “Origens”, que conta de forma humorada, a história dos primeiros colonizadores de Gramado, mostrando as dificuldades e a união de forças das etnias que venceram obstáculos conquistando e construindo uma nova geração terá mais duas apresentações nesta semana de encerramento da Festa da Colônia. Uma delas será nesta sexta-feira, dia 16, e outra no sábado, dia 17, sempre às 20h30min.
Com uma linguagem leve e divertida o espetáculo de 50 minutos lembra através do teatro, dança e música as sensações, as incertezas, mas principalmente a superação, a força e a união de portugueses, alemães e italianos que juntos escreveram a história e construíram a bela Gramado.
O “Origens” é dirigido por Carla Reis. Ela é atriz desde 1995 e já participou de vários Festivais Estaduais em alguns conquistando premiação de melhor atriz.

Carla: Como é produzir e dirigir o Origens?
Dirigir o espetáculo Origens pra mim é uma satisfação imensa e fico muita lisonjeada com a confiança. O Origens foi meu primeiro trabalho à frente de uma direção, sabia que a responsabilidade era muito grande, então o primeiro passo foi conhecer a história de Gramado, tive a preocupação de conhecer a história de cada etnia. Eu e a equipe de produção fizemos trabalho de campo, pesquisamos, fomos até o interior de Gramado conversar com algumas famílias, conhecer suas histórias, seus costumes, fotografamos muitas casas, lugares, até porque queria que o cenário parecesse real, sempre fomos recebidos com muito carinho e alegria, ainda mais quando falávamos que se tratava de uma pesquisa para a construção do espetáculo Origens, da Festa da Colônia. Enquanto conversava com as famílias já visualizava os personagens e os atores que se identificavam com cada um. Dirigir o espetáculo é muito gostoso e gratificante, ainda mais que sou privilegiada por ter um elenco que é apaixonado pelos seus personagens e pelo espetáculo. Já cheguei a comentar que quando estamos ensaiando visualizava uma comunidade inteira, não uma peça de teatro. Também tivemos uma agradável tarde com a historiadora Marília Daros que nos recebeu em sua casa, com direito a pipoca e chimarrão e uma divertida tarde de chás com o historiador Gilnei Casagrande. Tenho um paixão enorme pelo Origens. O objetivo é divertir nossa comunidade e visitantes resgatando um pouquinho da história. O que me deixa muito feliz é saber que nestes três anos atingimos o nosso objetivo, pois recebi abraços e e-mails de pessoas parabenizando o espetáculo dizendo que nós estávamos fazendo com que muitos se lembrassem do que passaram e se emocionaram. Recebi um abraço apertado de uma senhora que não conheço dizendo que havia se emocionado muito e que nas próximas apresentações iria trazer sua família para assistir, pra mim, isso, é muito gratificante.
Carla: Qual foi a maior dificuldade na produção do espetáculo?
Não diria dificuldade mas, responsabilidade, meu medo sempre é em escrever o roteiro, pois estou falando da história de uma cidade, não posso deixar o texto didático, mas preciso passar as informações de uma forma agradável ao público, quero mostrar a fé, a esperança, a força e o lado divertido das etnias não podendo exagerar.
Carla: O que mais lhe encanta no Origens?
É a cumplicidade, a paixão, a energia do elenco e da equipe de produção com o espetáculo. É o arrepio que sinto atrás da mesa de som e luz, ao escutar a música feita exclusivamente para o Origens cantada pelos atores na primeira cena, sentir a emoção na cena da Ave Maria, sentir a alegria dos bailarinos dançando a colheita, me divertir com a platéia com as pequenas piadas, ter orgulho da minha equipe de trabalho e me sentir realizada com a resposta manifestada pelo público. É a força dos povos que tomou conta do espetáculo.
Carla Reis destaca ainda que o elenco e equipe de produção é toda da Região de Gramado e Canela, alguns bailarinos fazem parte do Programa de Artes Pedro Henrique Benetti. Segundo Carla, o elenco é o mesmo desde 2012, “até porque todos já pegaram carinho pelo espetáculo”, disse. Segundo a Diretora, os atores não fazem somente teatro, “temos dentista, professores de educação física, matemática, mecânico, pedreiro, guia de turismo, massoterapeuta, mas todos são apaixonados pela arte”, conclui.
Leia mais »

Desfile de Carretas marca o segundo final de semana da Festa da Colônia

Cerca de 40 carretas percorreram a Avenida Borges de Medeiros no sábado

O segundo final de semana da Festa da Colônia de Gramado foi marcado pelo Desfile de Carretas, pelo tempo ensolarado - depois de um período de chuva e cerração, e por um bom público na cidade. Na tarde de sábado (10), um desfile de 40 carretas de sete localidades do interior de Gramado atraiu milhares de turistas na Avenida Borges de Medeiros. Os visitantes ficaram impressionados com a tematização dos veículos, que mostravam a produção das comunidades do interior do município, conhecido mais pelo glamour do que pela autenticidade de sua história. "Tudo para nós é diferente", resumia a paulista Cristine Santin, de São José dos Campos, que veio pela primeira vez a Gramado, junto com a família de seis pessoas. O Desfile encantou também o casal Renato e Magda Ribeiro Souto de São Paulo que estão em Gramado a passeio e foram  prestigiar o evento: "Nunca tínhamos visto o Desfile e achamos maravilhoso. Não encontramos nada parecido em outros lugares, muito bonito mesmo", disseram. Para um dos organizadores do desfile, Leonardo Pereira Dias, a euforia tomava conta. "Ficamos muito felizes com o grande número de carretas que participaram este ano, e agradecemos a todos que se fizeram presentes no Desfile. Aproveito para ressaltar que no próximo sábado tem mais", frisou Leonardo.




No ExpoGramado, onde estão os restaurantes, a feira de produtos coloniais e onde acontecem as apresentações artísticas, os agricultores exaltavam as boas vendas. No estande da família Cavichion, da Linha Nova, a venda de vinagre colonial é o carro-chefe. Nele, são encontrados geléias e vinho colonial, todos produzidos na propriedade de 25 hectares que a família mantém na primeira sede do município de Gramado, onde também produzem ameixas, uvas e milho.

Um dos maiores sucessos de venda da Festa da Colônia é o estande da família Dambrós da Serra Grande, que produz embutidos de alta qualidade. Os Dambrós pretendem reeditar o sucesso do ano passado, quando foram comercializados mais de 3,5 mil quilos de salames e copas. A maior procura fica por conta do salame sem gordura, mostrando que os produtores rurais de Gramado também estão em sintonia com as tendências mundiais de alimentação.

Quem visitar a Festa da Colônia até o próximo domingo, dia 18 - quando ocorre o seu encerramento, poderá verificar o crescimento dos produtos de valor agregado. Além do doce de leite vindo diretamente do produtor, é possível encontrar geléias de morango com cinco tipos diferentes de pimenta, no estande da família Hörlle. Também são comercializados os tradicionais queijos coloniais, mas, no mesmo ponto de vendas o visitante encontra queijos temperados, muito semelhantes aos produzidos por alemães e franceses. Por falar em franceses, é possível encontrar uma mostarda Dijon no estande da família Pereira, da Linha Marcondes, onde são comercializados outros itens apreciados pelos gourmets, como patês de azeitonas pretas, pastas de manjericão e parmesão, e uma surpreendente mostarda com mel. Os carros-chefes de venda, no entanto, são as cervejas artesanais, que incluem misturas com café, chocolate, trigo com mel e trigo escuro.

"A Festa da Colônia está dentro das nossas expectativas. Quem vem para Gramado, almoça e janta no local, e acaba comprando os produtos dos nossos agricultores", afirma o presidente do evento, Remi Arnold. Ele destaca que o público deverá ser o mesmo do ano passado (300 mil pessoas), mas que as vendas deverão ser levemente superiores. "Um dos pontos altos tem sido as apresentações do espetáculo Origens, que mostra a história de Gramado, e que estão sempre lotadas", finaliza Arnold.

A 24ª Festa da Colônia é uma promoção da Prefeitura Municipal de Gramado e realização da Gramadotur e acontece até domingo, dia 18 de Maio na ExpoGramado. A apresentação da Festa é feita pelas empresas máster Chocolate Lugano e Rasen Bier. O patrocínio é da Snowland com co-patrocínio da Benoit, Piá e Pregopar. O evento tem o apoio da Famastil, Intercity, Coca Cola, Caixa Federal, Maurimaq, Citral, Emater, Nodergraf e Farinha Orquídea.

Fotos: Cleiton Thiele
Leia mais »

Desfile de Carretas é neste sábado

As carretas de boi percorrem o centro de Gramado e remetem os visitantes e a comunidade a um encontro com o interior da cidade

Neste sábado, 10 de maio, a Avenida Borges de Medeiros será palco do primeiro Desfile de Carretas da 24ª edição da Festa da Colônia de Gramado. A organização do evento confirma que serão 39 carros de boi que partirão da ExpoGramado, local onde é realizado o evento, e seguirão até o centro de Gramado, retornando pelo sentido inverso levando música, alegria e os costumes do homem do interior da cidade. 
Desfile da Festa da Colônia é neste sábado (10)

O desfile também ocorrerá no próximo sábado (17). Nas carretas, os colonos apresentam seus instrumentos de trabalho, produtos coloniais, frutas e verduras, sendo que todos se vestem com as roupas típicas da colonização portuguesa, alemã e italiana.

"O Desfile, como sempre, será muito bonito. Neste ano contaremos com cerca de 39 carretas, não temos um número fechado ainda. Nós da organização estamos nos empenhando muito para o sucesso do evento e esperamos que toda comunidade e visitantes prestigiem a apresentação", frisou Leonardo Pereira Dias, Membro da Comissão Organizadora do Desfile de Carretas.

"O Desfile de Carretas é um dos pontos fortes da Festa da Colônia. Milhares de pessoas registram o momento e levam para suas casas um pouco da festa mais gramadense de todas", destacou o Presidente da Comissão Organizadora da Festa da Colônia, Remi Arnold.

A animação durante o Desfile de sábado fica a cargo dos Grupo Miesbach, Coral Italiano Linha Bella, Banda Tannenwald, Coral Nossa Senhora da Pompéia, Banda Imigrante e Banda Sensação. A concentração das carretas é na ExpoGramado, atrás da estrutura da Festa da Colônia, onde o Desfile se inicia. O evento inicia às 16 horas e tem duração de cerca de uma hora e meia.

A 24ª Festa da Colônia é uma promoção da Prefeitura Municipal de Gramado e realização da Gramadotur e acontece até o dia 18 de Maio na ExpoGramado. Vale lembrar que a entrada e o estacionamento da Festa são gratuitos. A apresentação da Festa é feita pelas empresas máster Chocolate Lugano e Rasen Bier. O patrocínio é da Snowland com co-patrocínio da Benoit, Piá e Pregopar. O evento tem o apoio da Famastil, Coca Cola, Intercity, Caixa Federal, Maurimaq, Citral, Emater, Nodergraf e Farinha Orquídea.
Leia mais »

Raquel Reis assume a Sub-Secretaria de Cultura

Raquel Reis é a nova Sub-Secretária de Cultura de Gramado
Advogada e suplente de vereador do PSDB foi nomeada nesta quarta-feira (7)

O PSDB definiu e indicou a advogada Raquel Reis para assumir o cargo de Sub-Secretaria de Cultura de Gramado no lugar de Michele Scariot (PP) que foi nomeada pelo Prefeito Nestor Tissot (PP) para a titularidade da Secretaria de Cultura de Gramado. Ela assumiu o lugar de Nelson Broering, também do PSDB, que assumirá a vaga de vereador da sigla no rodízio promovido pelos tucanos na Câmara de Vereadores. 
Leia mais »

Prefeitura de Canela entrega kits para construção de casas

Ação do Executivo Canelense ocorreu em abril 

A Prefeitura Municipal de Canela, através da Secretaria da Assistência Social e Habitação realizou, durante o mês de abril, a entrega de 07 kits para construção de casas, para famílias em situação de vulnerabilidade, atingidas por intempéries.

Os kits para a construção das unidades habitacionais foram distribuídos nos bairros Santa Marta (03), São Rafael (01), Chacrão (01), Morro Calçado (01) e Vila Boeira (01). Esses kits estão sendo adquiridos com recursos livres do município, e as famílias, que atualmente se encontram em aluguel social, estão sendo contempladas mediante cronograma de laudo social.

A família ao receber seu kit recebe qualidade de vida, que é uma prerrogativa da atual gestão e desonera o município nos recursos que poderão ser destinados a compra de mais kits, possibilitando levar mais dignidade a outras famílias.

Os kits para construção das casas compreende uma casa de madeira de 5,40m x 5,40m, dois quartos, sala e cozinha de madeira e um banheiro em alvenaria com os acessórios, inclusive chuveiro, sem cerâmica. Importante destacar que todas as famílias contempladas fizeram melhorias nas suas construções, com seus próprios recursos.

"Trabalhamos enfaticamente para melhorar a autoestima e qualidade de vida das famílias canelenses. A cada dia buscamos reafirmar nosso compromisso como gestores públicos, que trabalham pelo bem da comunidade", destaca a secretária da pasta, Solange Aguiar.
Leia mais »

.

.